quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Falsos bombeiros que faziam segurança de rua são presos em Belford Roxo.

Dois homens que se passavam por tenentes dos bombeiros para fornecer serviços de segurança armada nas ruas de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, foram presos pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (27). Segundo a polícia, Enéas Aristides de Castro, 53 anos, e Celso Pacheco do Nascimento, 52, também vendiam carteiras falsas da corporação.

O delegado Felipe Lobato Curi, titular da 54ª DP (Belford Roxo), comentou que a falsificação dos documentos era grosseira. “Eles vendiam carteiras do Corpo de Bombeiros municipal de Nilópolis, um órgão que não existe. Eles também tinham fardas de brigadas desconhecidas, como a brigada nacional de fronteiras nacionais do Brasil, supostamente para proteção ambiental”, disse. O valor cobrado por uma carteira falsa variava entre R$ 5 mil e R$ 7 mil.

Os policiais chegaram até a dupla após uma denúncia anônima. Em uma das abordagens, Enéas apresentou para a polícia a carteira falsa de bombeiros como identificação. Na casa dele foram encontrados documentos de interessados em adquirir a carteira. O delegado informou que essas pessoas serão chamadas para comparecer à delegacia e vai analisar se os supostos clientes podem responder por algum crime.

Os falsos bombeiros vão responder por uso de documento falso, usurpação de função pública, porte ilegal de arma e falsificação de documento público. Além dos documentos e das armas utilizadas para fazer a segurança nas ruas, os policiais apreenderam fardas do Corpo de Bombeiros falsas, cacetetes, munição e documentos falsos. Os criminosos e o material foram encaminhados para a 54º DP.


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário