quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Segurança Pública é o mais grave problema a ser enfrentado pelos novos prefeitos da Baixada.

Com mais de um terço da população fluminense, a Baixada é hoje um barril de pólvora preste a explodir. Mesmo diante desse perigo, dos apelos dos deputados, prefeitos e vereadores, o governador Sérgio Cabral e o seu secretário de Segurança Pública, delegado federal José Mariano Beltrame, até agora só tem tomado medidas paliativas diante de ações esporádicas e letais dos criminosos.
Os líderes do PDT, Luiz Martins, e do PT, André Ceciliano, além do deputado verde Xandrinho, são constantes porta-vozes dos clamores da população de Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Mesquita, São João de Meriti, Queimados, Seropédica, Nilópolis, Magé, Paracambi, Japeri e Itaguaí, que vive sobressaltada.
Em recente entrevista ao JORNAL DE HOJE, o líder do PT, André Ceciliano, frisou que a Baixada Fluminense precisa, urgentemente, de um novo Batalhão da Polícia Militar e salientou que, além dele, os deputados Luiz Martins e Xandrinho também estão empenhados em sensibilizar o governador Sérgio Cabral e o secretário Beltrame para isso.
Uma parte da luta dos deputados para garantir maior segurança à população já foi alcançada com a transformação da 52ª DP em Delegacia Legal, uma reivindicação dos deputados Luiz Martins e Xandrinho, que contou com o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Melo, e dos líderes do governo, André Corrêa, e do PMDB, André Lazaroni. Mas apenas isto não basta, a Baixada precisa de mais.
O líder do PDT, Luiz Martins, por exemplo, procura sensibilizar o governador Sérgio Cabral da necessidade de mais um Batalhão da Polícia Militar na Baixada Fluminense, em Nova Iguaçu, que centraliza a região e vai poder atender, com seu efetivo, as maiores demandas da população, reforçando o que já existe em Duque de Caxias. Continue lendo a matéria no link abaixo.
Fonte: Jornal de Hoje

Um comentário:

  1. Já foi divulgado que as Upps cehgarão breve na baixada, logo logo esse probelma vai acabar.

    ResponderExcluir