terça-feira, 28 de outubro de 2014

Em Belford Roxo, cidade em que Dilma teve o maior percentual de votos no estado do Rio, programas sociais são lembrados.


Neste último domingo, a camelô Neide Santos, de 56 anos, não teve dúvida ao votar 13. Ela mora em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, cidade em que Dilma obteve o maior percentual de votos no estado (74, 82%, contra 25,18% de Aécio Neves).

— Todo mundo rouba. Pelo menos, ela fez o Bolsa Família e o Projovem — disse Neide.

Para o prefeito Dennis Dauttman (PCdoB), um dos programas que alavancou a candidatura de Dilma na cidade é o “Minha Casa, Minha Vida”. Segundo a prefeitura, 2.500 unidades foram entregues desde novembro de 2013, e outras 5.500 estão em construção:

— Belford Roxo é um município pobre, então as pessoas sonham com a casa própria — disse Dauttman.

Também engajado na campanha petista, o prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso (sem partido), acredita que o fato de Dilma ter fechado a sua campanha na cidade é importante para a população:

— Isso cria uma nova forma de relacionamento. Mostra a importância de Caxias e o reconhecimento da parceria com o governo federal.

Afilhado político do deputado estadual Jorge Picciani (PMDB), o prefeito de Queimados, Max Lemos (PMDB), embarcou na campanha de Aécio Neves desde o início. O candidato do PSDB até escolheu lançar a sua candidatura no estado em Queimados. A aprovação ao governo de Lemos, porém, não se traduziu em votos para o tucano.

— Acho que a alternância do poder é importante, mas o povo resolveu dessa forma. Respeito esse resultado. Não vamos pensar em 2018 agora, deixa o tempo passar — declarou Lemos.

Depois de declarar apoio a Dilma no início das eleições o prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier (PMDB), migrou para a campanha de Aécio. Para ele, a presidente foi reeleita por causa do programa Bolsa Família.

— Fora isso, não investiu nada em Nova Iguaçu. Espero que ela preste atenção no nosso município agora — disse Bornier: — O partido ficou dividido. Não fiz campanha para ninguém, só declarei meu apoio a Aécio.


Fonte: Extra


Nenhum comentário:

Postar um comentário