segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Tribunal absolve Pezão por uso de Gabinete Itinerante.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgou improcedente, por quatro votos a um, a acusação de uso eleitoreiro do programa Gabinete Itinerante, do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB).
Os magistrados entenderam que a iniciativa de percorrer municípios para ouvir sugestões se tratou de ato regular de governo.
Apenas o relator do processo, corregedor eleitoral Alexandre de Carvalho Mesquita, votou pela cassação, inelegibilidade e aplicação de multa a Pezão, por entender que o governador se utilizou do Gabinete Itinerante para "alavancar seu nome junto ao eleitorado mais humilde".


Fonte: Berenice Seara

Nenhum comentário:

Postar um comentário