domingo, 12 de julho de 2015

Tráfico não domina Belford Roxo, Diz Tenente Coronel Alexandre.

Tenente Coronel Alexandre de Souza
Em Belford Roxo, bandidagem não se cria. Quem dá o recado é o tenente-Coronel  Alexandre de Souza Rodrigues, que assumiu o comando do 39º Batalhão de Polícia Militar em Dezembro com a missão de reformular as estratégias de enfrentamento à violência.
"Mapeamos as áreas de maior influência do tráfico e avançamos para enfraquecer os criminosos. Com isso, obtivemos resultados positivos em relação ao enfrentamento. E, como consequência, uma expressiva redução nas ações da bandidagem", enfatizou o comandante Alexandre.
 A nuvem de otimismo que cobre a corporação é justificável. Em 10 anos é a primeira vez que o 39º BPM fica entre os cinco batalhões da Baixada Fluminense que mais se destacaram no alcance de metas nos últimos seis meses nas modalidades roubos a pedestres (10%) e de veículos (15%) e letalidade violenta - homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte e latrocínio ( roubo seguido de morte) (12%). Os outros batalhões são o 15º BPM ( Duque de Caxias), 34º BPM (Magé) e  20º BPM (Mesquita).


Serviço de Inteligência é imprescindível
Segundo o Tenente- Coronel, a corporação realiza  diariamente incursões nas regiões que ainda estão sob a  influência do tráfico. O primeiro passo nesse processo é dado pelos agentes do setor de inteligência ou serviço reservado (P2).
São eles que preparam o terreno para as operações. "A participação da população através de denúncias é fundamental para as ações da polícia. Por dia nossa corporação recebe cerca de dez denúncias relacionadas a crimes diversos. Tudo é checado e, se confirmado, é feito um planejamento, e depois a operação propriamente  dita", afirmou. E completa: "Todo bandido que tenta colocar a comunidade sob influência do tráfico, vira nosso alvo".  




Fonte: Hora H

Nenhum comentário:

Postar um comentário